Um relato de vivência com agrotóxicos de um ex-trabalhador rural: o papel social da ciência e da tecnologia e o ensino de ciências

Cinthia Letícia de Carvalho Genovese, Jadir de Moraes Pessoa

Resumo


Com a intenção de discutir um pouco a realidade do excessivo uso de agrotóxicos em nosso país, neste trabalho éanalisado um recorte de um relato de vivência com agrotóxicos de um ex-trabalhador rural. A partir dessaanálise, apresentam-se dois objetivos. O primeiro é contextualizar o trabalhador rural e sua ruralidadecaracterística à imposição do capitalismo, frente à obrigatoriedade de utilizar agrotóxicos em suas lavouras (oucomo empregado rural de proprietários de terras), a fim de obterem significativa produção de alimentos para suaprópria subsistência e também como fonte de renda. O segundo objetivo é refletir a respeito do papel da ciência eda tecnologia em nossa sociedade, corroborando com propostas curriculares para o Ensino de Ciências, sob aperspectiva do Movimento/Enfoque CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade), por meio do estudo de questõessociocientíficas. O relato do entrevistado demonstrou o alto grau de risco à saúde a que estão submetidos ostrabalhadores rurais que utilizam agrotóxicos, tanto pela falta de orientações quanto ao manuseio do produto,quanto à própria toxidade elevada que possuem.

Palavras-chave: trabalhador rural; agrotóxicos; ensino de Ciências; movimento CTS; questõessociocientíficas.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .