Relações raciais e os livros didáticos de linguagens e Ciências Humanas: reflexões e apontamentos

Maureci Moreira de Almeida, Francisco Xavier Freire Rodrigues

Resumo


O presente artigo procura realizar uma reflexão acerca dos livros didáticos nas áreas de conhecimento deLinguagens e de Ciências Humanas, bem como realizar alguns apontamentos, destacando como o racismo e suaideologia estão inseridos nesse instrumento didático-pedagógico amplamente utilizado pelos professores e seuseducandos. Nos livros didáticos escolhidos para este estudo, observou-se o predomínio de imagens de pessoasbrancas. Os negros e os indígenas aparecem quase que exclusivamente de maneira estereotipada. Os negrossempre como pessoas escravizadas, considerados esteticamente feios e destinados à pobreza e à subalternidade; eos indígenas como seres meramente naturais ilustrados com cocares, tangas, arco e flecha. A elite política eeconômica é representada efetivamente por pessoas brancas, predominantes no conjunto das imagensdistribuidas nas diversas unidades e capítulos dos livros didáticos selecionados. Desta maneira, em nossametodologia, optamos por um recorte, para realizar um levantamento das imagens de negros, indígenas e brancosrepresentados espeficificamente nos livros didáticos de História, Língua Portuguesa e Sociologia. Nesses livrosdidáticos, os colonizadores e seus descendentes estão sempre numa postura altiva e de afirmação positiva,enquanto negros e indígenas são estereotipados negativamente.

Palavras-chave: relações raciais; livro didático; estereótipo; imagem.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .