Educação inclusiva e educação bilíngue: o que dizem os alunos surdos sobre o Ensino de Língua Portuguesa nesses diferentes contextos?

Bruna Crescêncio Neves

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo analisar a relação dos alunos surdos com a Língua Portuguesa de acordo com suas experiências em duas diferentes propostas de ensino – educação bilíngue e educação inclusiva. Trata-se de um estudo de caso realizado com três alunos surdos, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – Câmpus Palhoça Bilíngue. O artigo apresenta uma revisão bibliográfica voltada para os aspectos da educação bilíngue e inclusiva, especialmente no que se refere à educação de surdos e, também questões do ensino de Língua Portuguesa (doravante LP) como segunda língua para surdos. Os resultados evidenciam a importância da Língua Brasileira de Sinais ser a língua de instrução no processo de ensino e aprendizagem da LP e mostram que os alunos são sensíveis quanto à proposta de ensino – inclusiva ou bilíngue.

Palavras-chave: educação bilíngue; inclusão; língua portuguesa; surdos.

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .