Possibilidades e limitações de uma aproximação teórica entre a Sociologia da Educação de Pierre Bourdieu e a teoria do multiculturalismo

Renan Santiago de Sousa, Ana Ivenicki

Resumo


Este artigo, escrito sob a forma de um ensaio teórico, utilizando a metodologia de revisão da literatura, busca contribuir para as discussões sobre o tema da diversidade e desigualdades ao tentar localizar pontos de consenso e de dissenso entre a Sociologia da Educação de Pierre Bourdieu e a teoria do multiculturalismo. Esse texto se mostra relevante, pois é notório que as desigualdades de oportunidades educacionais afetam a população brasileira, sobretudo, os estudantes de classes populares e de minorias, e, nesta perspectiva, este ensaio sugere alternativas teóricas para se compreender e superar as desigualdades educacionais. Aponta-se que, a despeito de haver diferenças significativas entre tais teorias, existe uma possibilidade de diálogo entre ambas as teorias se se estabelecer que estas são complementares e que cada uma atua na limitação da outra.

Palavras-chave: Pierre Bourdieu; Sociologia da Educação; Multiculturalismo; capital cultural; violência simbólica.

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .