APAE: um modelo de educação empreendedora

Ruth Maria Rodrigues Garé, Alessandra de Falco Brasileiro

Resumo


Este artigo apresenta uma pesquisa sobre as implicações e contribuições do atual trabalho de profissionalização einserção no mercado realizado pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), por proporcionar àspessoas com necessidades especiais a oportunidade de gerirem seu próprio sustento e se tornarem parte dapopulação ativa do país. Assim, a educação oferecida por estas instituições, que se preocupam com a formaçãode seus alunos para a vida cidadã, precisa ser discutida sob outra ótica. O estudo se inicia com uma brevetrajetória sobre a inclusão de pessoas com necessidades educativas especiais e os movimentos da sociedade civil,com o objetivo de promover transformações sociais, educacionais, culturais e políticas. Finalmente, apontandocomo se estrutura a APAE da cidade de Bragança Paulista, estado de São Paulo, é relatado, a partir de umapesquisa bibliográfica e de dados coletados na própria instituição, como se dá esse processo educativo para omercado de trabalho.

Palavras-chave: APAE; pedagogia empreendedora; necessidades educacionais especiais.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .