Aspectos do descentramento: identidade e sujeito na pós-modernidade

Emilio Davi Sampaio

Resumo


Este texto analisa a posição e a construção do sujeito/identidade(s) no “tempo” pós-moderno. Observando que as velhas identidades que davam sustentação e estabilidade às relações estão em declínio, discute-se, à luz de estudiosos, entre eles Foucault, Lacan, Althusser e Hall alguns possíveis “descentramentos” do sujeito. Compreende-se que este sujeito se configura como um ser sem centro, plural e sem limite de posicionamentos, o que resulta nas identidades abertas e inacabadas. Porém, não se pode dizer que este mesmo sujeito é um ser fragmentado, mas sim um sujeito em potencial, uma vez que ele é efeito de um complexo identitário que o determinou perante a interpelação de lugares.

Palavras-chave: identidade; pós-modernidade; sujeito; descentramento.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .