A presença da surdocegueira nas publicações dos congressos de educação especial

Raffaela de Menezes Lupetina, Celeste Azulay Kelman

Resumo


A surdocegueira constitui uma deficiência única que apresenta uma combinação das perdas dos sentidos de distância (audição e visão). No Brasil, as pesquisas acadêmicas sobre surdocegueira iniciaram em 1999, com a primeira Dissertação de Mestrado sobre esse tema, o que indica um campo ainda muito recente no âmbito da Educação Especial. Este artigo tem como objetivo trazer um levantamento e análise da produção de conhecimento na área da surdocegueira nos Anais de Congressos no campo da Educação Especial no intervalo temporal de 2010 a 2014. O mapeamento foi realizado a partir dos Anais do Congresso Internacional do Instituto Nacional de Surdos INES/Seminário Nacional do INES; Anais do Congresso Brasileiro de Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Anais do Congresso Brasileiro Multidisciplinar de Educação Especial da Universidade Estadual de Londrina (UEL). A partir desse levantamento é possível constatar os principais temas abordados dentro do assunto surdocegueira, a fim de contribuir com pesquisas futuras neste campo. Os resultados apontaram que a maioria dos trabalhos foram apresentados no Congresso Brasileiro de Educação Especial da UFSCar e tiveram como tema predominante a educação dos surdocegos, trazendo reflexões sobre os desafios da inclusão do indivíduo com surdocegueira nas instituições de ensino regulares.

Palavras-chave: surdocegueira; produção de conhecimento; educação especial.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .