Curso de licenciatura em química ofertado na modalidade EAD: Uma década de experiência no IFMT

Marcelo Franco Leão, Eniz Conceição Oliveira, José Claudio Del Pino

Resumo


Visando suprir a falta de professores de química para atuar nas escolas do estado de Mato Grosso, o Instituto
Federal de Mato Grosso1, via Universidade Aberta do Brasil, vem democratizando, desde 2007, a oferta, acesso e
permanência na formação inicial de professores de química em regiões estratégicas do estado. Esse estudo teve
como objetivo descrever o histórico, estrutura e funcionamento do Curso de Licenciatura em Química ofertado na
modalidade da EaD pelo IFMT Campus Cuiabá – Bela Vista. Inicialmente o curso foi ofertado nos seguintes polos
de apoio presencial: Barra do Bugres, Guarantã do Norte, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste e Ribeirão
Cascalheira, porém, já teve oferta também em Cuiabá, Diamantino, Sorriso e Juína. O curso é semipresencial e
utiliza, além dos momentos presenciais, o Ambiente Virtual via plataforma Moodle. São importantes atores desse
processo: os professores formadores, os tutores presenciais, a coordenação do curso e os acadêmicos. As quatro
primeiras turmas contabilizam 130 egressos que concluíram o curso com êxito. Essa experiência vivenciada pelo
IFMT com a EaD permite afirmar que o curso vem contribuindo para a qualificação de professores habilitados para
ministrar o ensino de química e assim suprir a carência de tais profissionais em Mato Grosso.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .