Saberes indígenas presentes nas construções: Uma abordagem etnomatemática

Davi Gouveia de Freitas Filho, José Roberto Linhares de Mattos, Josélio Rodrigues Ramos

Resumo


Este artigo apresenta a análise de uma experiência didático-pedagógica constituída de atividades de pesquisa,
acerca das culturas de povos indígenas, desenvolvidas com os educandos de uma turma indígena de um curso de
Agroecologia em um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia no Brasil. A metodologia utilizada
consistiu-se de observação participante na construção de maquetes representativas de estruturas indígenas e história
oral dos educandos sobre as construções originais nas aldeias. O objetivo foi o resgate cultural destes povos
indígenas, a ampliação da percepção dos discentes do valor dos materiais naturais, considerando vários aspectos, e
a relação com conceitos curriculares estudados no curso. Os dados e a análise dos resultados foram obtidos da
observação e dos relatos orais dos sujeitos da pesquisa. Vários conteúdos de matemática foram explorados, dando
significados aos mesmos. Sob uma perspectiva interdisciplinar, foram aproximados temas relacionados à história
dos povos indígenas e suas relações com as edificações, além de reforçar a importância do reconhecimento das
estruturas existentes em tempos anteriores aos atuais. Os aspectos etnomatemáticos envolvidos na pesquisa, como a
geração e difusão dos conhecimentos nas construções dos tapirís, podem ser utilizados na ensinagem e na
aprendizagem na Educação Escolar Indígena.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .