UMA INVESTIGAÇÃO SISTEMÁTICA SOBRE O USO DE JOGOS DIGITAIS PARA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM

Flávia Gonçalves Fernandes, Alexandre Cardoso, Renato de Aquino Lopes

Resumo


Introdução: Os jogos digitais deixaram de ser vistos como uma forma de entretenimento prejudicial à saúde. Eles tornaram-se uma ferramenta importante para melhorar o tratamento dos pacientes, que vão desde aqueles que estão atravessando uma grave enfermidade, como por exemplo o câncer, até os que demandam procedimentos como a fisioterapia. Contudo, há pessoas com deficiência física que possuem dificuldade em utilizar jogos digitais. Objetivos: Nesta linha de raciocínio, este trabalho apresenta uma revisão sistemática sobre o uso de jogos digitais para pessoas com deficiência física nos membros superiores. Métodos: As fontes de pesquisa foram as seguintes bases de dados indexadas: Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Scopus, Science Direct, IEEE Xplore e Scielo. Resultados: Cabe destacar que a aplicação do mapeamento sistemático na elaboração de revisão bibliográfica permitiu identificar as principais lacunas para o desenvolvimento de novas pesquisas, além de direcionar as principais publicações ligadas ao estudo. Conclusão: Por fim, os resultados obtidos mostram que é uma área em constante expansão atualmente.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .