Probabilidade-com-cartoons: O ponto de vista de alunos do ensino médio inovador

Rosicacia Florencio Costa, Daise Pereira Lago Souto

Resumo



Esse artigo apresenta um recorte de pesquisa em nível de Mestrado. O objetivo aqui é discutir aspectos envolvidos no processo de aprendizagem da Probabilidade-Com-Cartoons, com base no ponto de vista dos alunos do Ensino Médio Inovador, da Escola Estadual Oscar Soares, do município de Juara, estado de Mato Grosso. Neste artigo, cartoons devem ser entendidos como produções de vídeos, com animações em desenhos, sendo estes feitos separadamente, à mão, ou, por meio de um software. Para tanto, apoiamo-nos em uma perspectiva teóricometodológica que nasceu do encontro da Teoria da Atividade com o construto teórico Seres-Humanos-Com-Mídias, o Sistema Seres-Humanos-Com-Mídias. A escolha do título "probabilidade-com-cartoons" é uma analogia feita por nós, com a finalidade de destacar o referencial teórico. Os dados foram produzidos durante as aulas da disciplina de Matemática, ministradas a alunos do segundo ano do Ensino Médio. Os instrumentos para a produção dos dados foram a observação participante, entrevista e o registro audiovisual. Os resultados indicam que as tecnologias digitais utilizadas, na produção dos cartoons, contribuíram para a realização de um trabalho colaborativo (tecnologias digitais e seres humanos) e possibilitaram aos alunos contextualizar o conteúdo matemático em aplicações do dia a dia. Com relação ao Sistema Seres-Humanos-Com-Mídias, as análises dos dados demonstraram que as tecnologias digitais, utilizadas nas atividades podem desempenhar os papéis de artefato, comunidade, objeto, regras e organização do trabalho.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .