O TERRITÓRIO DO MEDO NO TROCA-TROCA DE CODÓ-MA, BRASIL

Alex de Sousa Lima, Tamires Neris Pitta Costa

Resumo


Este artigo apresenta a discussão sobre a dinâmica territorial da localidade Troca-Troca na cidade de Codó-MA. Sobre esta localidade fora construído o imaginário do medo na população que reside em seu entorno ao longo dos anos, pois esta localidade abriga a Cracolândia. O objetivo geral do trabalho foi o de analisar o Troca-Troca, na cidade de Codó-MA, sob a perspectiva dos conceitos de medo, violência e território. A análise se deu por meio dos dados obtidos de entrevistas com os moradores e comerciantes da localidade sob o prisma dos conceitos de medo (BAUMAN, 2007), violência (ALMEIDA, 2010) e território (HAESBAERT, 2007). Os resultados apontam para um reforço ao imaginário de território de medo naquela localidade, pois muitos moradores atestam terem sido assaltados em diversos horários, além de se sentirem desprotegidos por não haver reforço policial na área. Um dos entrevistados teve o seu estabelecimento invadido trinta e quatro vezes. A pesquisa permite concluir que construção do imaginário de violência e medo não é concebida por simples especulações, mas sim por fatos reais de violência diária. Portanto, o território se caracteriza como território de medo por meio de violência.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .