Artesanato na terceira idade: um estudo na cidade de Sinop no ano de 2011

Rosane Marlene Weber

Resumo


Essa pesquisa tem como objetivo mostrar a importância do artesanato na Terceira Idade como atividade educacional e de autonomia para os idosos. Por existir uma preocupação com a qualidade de vida da Terceira Idade e sua autonomia, nesta fase que muitos acabam ficando dependentes dos membros da família, espera-se encontrar através da arte uma motivação e uma forma de demonstrar a autoria por meio do fazer, criar e recriar com o artesanato. Aprender e ensinar são um processo contínuo na vida do ser humano, independente da idade, para Paulo Freire precisamos ter consciência de que somos inacabados, e sendo conscientes de nossa inconclusão, devemos viver num permanente movimento de busca. Essa é uma das causas pelas quais será pesquisada a prática formativa/educacional por meio do artesanato na Terceira Idade. Os motivos que levaram a escolha desta pesquisa com o artesanato na Terceira Idade é o fato de ter vivido uma experiência de trabalho na ala geriátrica de um hospital. Já o artesanato é a arte que fascina, e acreditamos que sempre há tempo para recomeçar, para descobrir algo que possa trazer qualidade para nossa vida. Devido ao crescimento cada vez maior da expectativa de vida em nosso país, cria-se uma preocupação com a qualidade de vida das pessoas da Terceira Idade. Em relação aos aspectos educacionais e culturais, esta pesquisa deseja compreender como o artesanato pode trazer motivação para as pessoas da Terceira Idade como forma de autoria e autonomia, nesta fase da vida, na cidade de Sinop, e quais os motivos que os levam a realizar esse tipo de atividade. Para investigação teórica desta pesquisa do Artesanato na Terceira Idade: um estudo na cidade de Sinop em 2011 usaremos bibliografia de vários autores, mas em especial os que dedicam seus estudos a esta faixa etária, como a coleção de Vivaidade, que tem como organizadora principal Anita Liberalesso Neri. Os autores desta coleção nos trazem a reflexão sobre a qualidade de vida na idade madura, envolvendo o criar e inovar. Algumas obras de Paulo Freire serão usadas como referências de educação, por suas ideias sempre muito atuais e motivadoras. Em especial, na primeira etapa da pesquisa, usaremos a obra Pedagogia da Autonomia, em que o autor nos fala da autonomia como um ato de pensar por si mesmo, buscar seu próprio conhecimento com liberdade para intervir no mundo em que vive. Para alcançar os objetivos desta pesquisa será realizado um Estudo de Caso do tipo Etnográfico, com entrevistas, observações e análise de documentos com os sujeitos da Terceira Idade que já realizam trabalhos artesanais, e também pessoas ligadas a Associação dos Artesões de Sinop, para esclarecer o Conceito de artesanato em nossa Cidade e seu valor cultural. A Pesquisa acontecerá em três momentos Fase exploratória, Fase de delimitação do estudo e de coleta de dados e Fase de análise sistemática dos dados e da elaboração do relatório, em que através da Triangulação serão discutidos e analisados os dados coletados.

Palavras-chave: educação; terceira idade; artesanato; autonomia; Paulo Freire.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat-net.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS (2017): B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; Educação Física; Interdisciplinar; Linguística e Literatura; Sociologia

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR