Vivências no espaço escolar: uma entrevista com Jaqueline Pasuch

Ana Paula Néia, Taise de Souza Santos, Rozeli da Costa Batista Gois

Resumo


O Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia prioriza a relação e as vivências entre o acadêmico e o espaço educativo/escola infantil, e o processo de humanização entre troca de saberes acontece na socialização de conhecimentos através dos estágios em que as bases teóricas apreendidas são aplicadas oportunizando a formação docente.

A professora Jaqueline Pasuch nos dedicou seu tempo e sua contribuição foi significativa para nós acadêmicos do 7º semestre por entendemos que o professor para atuar na Educação Infantil deve entender que o educar e o cuidar acontecem de forma simultânea. Cabe ao professor assumir uma postura adequada às necessidades da criança pequena, reconhecendo seus direitos e proporcionando situações em um ambiente aconchegante e interessante. Envolver as crianças com contos de fadas permitem a exploração do imaginário infantil e o papel do professor de educação infantil, neste sentido, é apresentar desde bebês de zero até cinco/seis anos os primeiros contatos com o universo do letramento. A criança vai interagir com as histórias e o professor vai se tornado um contador de história, na interação as crianças podem ser os autores de textos criados no coletivo da turma, construindo saberes.

A troca de experiências entre as crianças se torna significativa na medida em que elas constroem uma relação afetiva com a escola com o professor e com as famílias. O apoio familiar na Educação Infantil é um estímulo para o desenvolvimento da criança. A instituição deve se organizar para receber as famílias.

Nestas perspectivas de contribuir com os saberes na Educação Infantil, que corresponde à primeira etapa da educação básica, entrevistamos a professora Jaqueline Pasuch, que tem experiência na área de Educação com ênfase em Políticas Públicas Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: educação infantil, infância, escola, sociedade contemporânea, família, alfabetização; letramento; analfabetismo; iletrismo; formação continuada de professores da Educação Infantil e educação infantil do/no campo.

Algumas das áreas de atuação e projetos de pesquisa da professora Jaqueline são: Diversidade Educacional no contexto da Amazônia Legal Matogrossense (UNEMAT/ CNPQ), coordena o Fórum Matogrossense de Educação Infantil (MIEIB), atualmente integra a equipe de coordenação da Pesquisa Nacional Caracterização das práticas educativas com crianças de 0 a 6 anos moradoras nos territórios rurais brasileiros (MEC/UFRGS/UNEMAT).

Hoje ela nos traz a sua experiência na formação de acadêmicos pelo curso de Pedagogia do Campus Universitário de Sinop/MT em que é efetiva. A seguir temos a honra de apresentar, a entrevista com a professora Jaqueline Pasuch.

Ana Paula Néia, Taise de Souza Santos e Rozeli da Costa Batista Gois


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat-net.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR