Provinha Brasil: avanços e limitações

Simone Emi Kavasoko

Resumo


Este artigo objetiva apresentar o nível de alfabetização em alunos do 2º ano do ensino fundamental. Utilizou-se a Provinha Brasil como instrumento avaliativo auxiliar no processo de alfabetização e letramento.  Em um primeiro momento verificou-se quais são as dificuldades dos alunos e a partir dessa avaliação, procedimentos foram realizados para suprir as necessidades apresentadas pelos mesmos. O artigo é embasado em concepções emancipatórias de avaliação da aprendizagem. Trata-se de pesquisa qualitativa, um estudo realizado com entrevista semiestruturada com a professora da sala e a coordenadora do programa.

Palavras-chave: educação; ensino fundamental; avaliação; Provinha Brasil; pesquisa qualitativa.


Referências


BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Emenda Constitucional nº 67, de 22 de dezembro de 2010.

FERREIRO, Emilia. Com todas as letras. Tradução de Maria Zilda da Cunha Lopes; retradução e cotejo de texto de Sandra Trabucco Valenzuela. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

SANTOS, Josivaldo Constantino dos. Processos Participativos na Avaliação da Aprendizagem: Avaliação Participativa. CEACD-UNEMAT.

SAUL, Ana Maria. Avaliação emancipatória: desafios à teoria e a prática de avaliação e reformulação de currículo. 3. ed. São Paulo: Cortez, 1995.

SOARES, Magda. Alfabetização e letramento. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2004.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR