Percepção ambiental através da prática pedagógica no Ensino de Jovens e Adultos

Laurete Maria de Souza, Edneuza Alves Trugillo

Resumo


O texto apresentado é de uma pesquisa realizada na Escola Municipal de Educação Básica Jurandir Liberino de Mesquita com alunos que estão cursando o 1º segmento da II fase do Ensino Fundamental intitulado - Percepção ambiental através da Prática pedagógica no ensino de jovens e adultos. A Educação Ambiental enquanto transversalidade perpassa pela formação educacional no intuito de proporcionar uma educação responsável, crítica, participativa, possibilitando tomada de decisões transformadoras no meio ambiente em que vive na construção de um futuro sustentável, saudável e socialmente justo. Sendo assim, para que a comunidade participe coletivamente na sua construção, as políticas públicas vêm proporcionar para que isso se torne realidade. Atitudes e valores quando ensinados são absorvidos com resultados favoráveis, as práticas desenvolvidas através da educação ambiental nos fazem compreender como se dá o processo de construção de valores sociais, de ciência e atitudes focadas para a preservação da vida no meio ambiente.

Palavras-chave: práticas pedagógicas; percepção ambiental; professor e aluno.


Referências


ALUNO A. Aluno A: depoimento. [24 nov. 2011]. Entrevistadora: Laurete Maria de Souza, Sinop - MT, 2012. Gravação Digital (5 min 53 seg). Entrevista concedida para Trabalho de Conclusão de Curso sobre Percepção Ambiental: contextos e possibilidades no cotidiano da educação de jovens e adultos EJA.

ALUNA B. Aluno B: depoimento. [24 nov. 2011]. Entrevistadora: Laurete Maria de Souza, Sinop - MT, 2012. Gravação Digital (7min 35seg) Entrevista concedida para Trabalho de Conclusão de Curso sobre Percepção Ambiental: contextos e possibilidades no cotidiano da educação de jovens e adultos EJA.

ALUNO C. Aluno C: depoimento. [24 nov. 2011]. Entrevistadora: Laurete Maria de Souza, Sinop - MT, 2012. Gravação Digital (4min 54seg) Entrevista concedida para Trabalho de Conclusão de Curso sobre Percepção Ambiental: contextos e possibilidades no cotidiano da educação de jovens e adultos EJA.

ALUNO D. Aluno D: depoimento. [24 nov. 2011]. Entrevistadora: Laurete Maria de Souza, Sinop - MT, 2012. Gravação Digital (6min 10seg) Entrevista concedida para Trabalho de Conclusão de Curso sobre Percepção Ambiental: contextos e possibilidades no cotidiano da educação de jovens e adultos EJA.

FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: Cartas a quem ousa ensinar. São Paulo: Olho D’água, 1993.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais. Meio ambiente: saúde/ Secretaria de Ensino Fundamental. 3 ed. Brasília, 2001.

PROFESSORA A. Professora A: depoimento. [24 nov. 2011]. Entrevistadora: Laurete Maria de Souza, Sinop - MT, 2012. Gravação Digital (5min 53seg) Entrevista concedida para Trabalho de Conclusão de Curso sobre Percepção Ambiental: contextos e possibilidades no cotidiano da educação de jovens e adultos EJA.

REIGOTA, M. O que é educação ambiental. São Paulo: Brasiliense, 1994.

MATO GROSSO. Secretaria da educação e Cultura – Seduc. Orientações Curriculares da Educação Ambiental. Disponível em: < http: www.seduc.mt.gov.br/download_file.php?id=9966 >. Acesso em: 10 set. 2014.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat-net.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR