Um estudo sobre o erro no processo de ensino-aprendizagem de hidrostática a partir de uma sequência de atividades investigativas

Francarlos Martins de Carvalho

Resumo


O erro manifestado pelos estudantes ao longo do processo de ensino-aprendizagem é, por vezes, considerado algo negativo e, como consequência, algo a ser evitado. Com isso, o estudante poderá ficar inibido a participar ativamente das aulas ou qualquer outra atividade pedagógica por medo de errar e sofrer as punições que são atribuídas à manifestação do erro. Quando se trata dos momentos deavaliação da aprendizagem esse medo de errar torna-se ainda mais intenso, uma vez que um baixo rendimento nestas ocasiões poderá levar o estudante à reprovação. De um modo geral, percebe-se que o erro assumi o papel de vilão na vida do estudante, tendo um caráter excludente, o que é antagônico, já que o erro é natural do ser humano e deveria ser encarado como um aliado ao processo de aprendizagem. O presente trabalho busca refletir sobre essa dimensão benéfica do erro, buscando analisar as contribuições que um olhar diferenciado para ele pode trazer tanto para o estudante como para o professor. No entanto, torna-se importante que o professor tenha conhecimento sobre algumas características dos erros que podem se manifestar ao longo das aulas, tais como, seus diferentes tipos (sistemáticos, construtivos e procedimentais) e as causas que levaram à sua manifestação (obstáculos da aprendizagem de natureza didática, epistemológica ou ontogênica). Com base no entendimento sobre esses fatores o professor poderá encaminhar de forma mais bem-sucedida as ações que levem os estudantes à correção desses erros, caracterizando momentos de aprendizagem. Para tanto, acreditamos que a perspectiva de Ensino de Ciências Baseado na Investigação (ECBI) possaser de grande ajuda neste processo, uma vez que esta pode possibilitara promoção de momentos em que o erro possa ser identificado, analisado e classificado, tanto quanto aos seus diferentes tipos como também quanto às causas de sua manifestação. Além do mais, esta perspectiva de ensino envolve diversos aspectos importantes do processo de ensino-aprendizagem que não costumam ser contemplados em uma aula na perspectiva convencional. Estes aspectos estão relacionados principalmente com os diferentes tipos de conteúdo e as diferentes capacidades e competências que o estudante pode desenvolver ao longo de sua trajetória escolar. Foi por meio da construção de uma sequência de atividades nesta perspectiva de ensino, que compôs a unidade didática sobre flutuação dos corpos, que pudemos analisar e classificar os erros manifestados pelos estudantes, possibilitando também a identificação dos obstáculos da aprendizagem responsáveis pelas suas manifestações, promovendo momentos de reflexão e debate que possibilitaram a reestruturação de ideias por parte dos estudantes. A partir da compreensão desses elementos, foi construída uma cartilha educativa cujo objetivo é orientar os professores quanto à identificação e análise do erro e suas causas ao longo do processo de ensino-aprendizagem.

Palavras-chave: erro produtivo; ensino investigativo; ensino-aprendizagem.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat-net.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS (2017): B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; Educação Física; Interdisciplinar; Linguística e Literatura; Sociologia

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR