A dialogicidade na construção do educador-educando e os desafios à escola meritocrática

Keila Mara da Costa e Silva

Resumo


Neste artigo discute-se a dialogicidade na construção do educador-educando e os desafios desta construção à escola meritocrática. Objetivou-se analisar as relações político ideológicas construídas entre professores e alunos sob a perspectiva da práxis educador-educando. O referencial teórico-metodológico embasou-se na concepção filosófica de Paulo Freire e por meio da pesquisa qualitativa e entrevista semiestruturada com três professores atuantes no ensino fundamental. Conclui-se a urgência de se pensar a educação dialógica em oposição à escola capitalista e o poder da ideologia burguesa que priorizam o ensino pautado na meritocracia que descaracterizam o professor enquanto sujeito dialógico e transformador.

Palavras-chave: educador-educando; educação dialógica; escola capitalista; meritocracia.

 


Referências


FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler em três artigos se completam. 23. ed. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1989.

______. Educação Como Prática de Liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2001.

______. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 47. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

______. Pedagogia do Oprimido 54. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

PROFESSOR F. Professor F: depoimento [09 maio 2018]. Entrevistadora: Keila Mara da Costa e Silva. Sinop, MT, 2018. Gravação digital (16,3 MB). Entrevista concedida para o Trabalho de Conclusão de Curso sobre a educação em Sinop.

PROFESSOR M. Professor M: depoimento [10 maio. 2018]. Entrevistadora: Keila Mara da Costa e Silva. Sinop, MT, 2018. Gravação digital (7,25 MB). Entrevista concedida para o Trabalho de Conclusão de Curso sobre a educação em Sinop.

PROFESSOR C. Professor C: depoimento [16 maio. 2018]. Entrevistadora: Keila Mara da Costa e Silva. Sinop, MT, 2018. Gravação digital (15,2 MB). Entrevista concedida para o Trabalho de Conclusão de Curso sobre a educação em Sinop.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A produtividade da escola improdutiva: um (re)exame das relações entre educação e estrutura econômico-social e capitalista. 3. ed. São Paulo: Cortez, 1989.

HIPÓCRITA. In: FERNANDES, Francisco, Dicionário de sinônimos e antônimos da língua portuguesa. São Paulo: Globo: 1990.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Filosofia da Educação. São Paulo: Cortez, 1991.

SAVIANI, Dermeval. Educação: do senso comum à consciência filosófica. Campinas: Autores associados, 1996.

SULEAR. In: REDIN, Euclides; STRECK, Danilo R; ZITKOSKI, Jaime J. Dicionário de Paulo Freire. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2008.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat-net.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR