As relações afetivas e a prática escolar na formação psíquica na infância

Letícia Almeida Bazeleski

Resumo


Este artigo buscou compreender a importância das relações afetivas no desenvolvimento psíquico da primeira infância. Para tal estudo utilizou-se as visões dos autores Sigmund Freud e Henri Wallon no que diz respeito ao desenvolvimento humano. Como ferramenta de coleta de dados foram aplicados questionários abertos com quatro professores atuantes na educação infantil, sendo dois da rede pública e dois da rede privada do município de Sinop – Mato Grosso. Dentre outros resultados constatou-se que as relações afetivas se tornam importantes na formação escolar da criança e em seu desenvolvimento afetivo/cognitivo.

Palavras-chave: educação infantil; relações afetivas; desenvolvimento psíquico; primeira infância.


Referências


AMARO, Ana; PÓVOA, Andreia; MACEDO, Lúcia. Metodologias de Investigação em Educação: A arte de fazer questionários. Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. 2005.

BACHA, M. N.Psicanálise e educação: Laços refeitos (2a ed.). São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

DANTAS, H. Afetividade e a construção do sujeito na psicogenética de Wallon. In: LA TAILLE, Y. DANTAS, H., OLIVEIRA, M. K. Piaget, Vygotsky e Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus Editorial, 1992.

FREIRE P. Conscientização. Teoria e prática da libertação. Uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Moraes, 1980.

FREUD, Sigmund. Um caso de histeria, Três ensaios sobre sexualidade e outros Trabalhos. 1901-1905. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud Volume VII. Imago Editora. 2006. Rio de Janeiro.

______. Prefácio a "Juventude desorientada" de Aichhom In: SALOMÃO, J. (Edit.) Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, Rio de Janeiro:Imago, 1976, v.19.

KUPFER,M.C.M. Afetividade e cognição: uma dicotomia em discussão.Ideias. São Paulo:Revista da Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE, n. 28, nov. 1997.

PROFESSOR 01. Professora 01: Depoimento [jun. 2018]. Pesquisadora: Letícia Almeida Bazeleski. Sinop, MT, 2018. (2 f). Questionário respondido para o Trabalho de Conclusão de Curso sobre a educação em Sinop.

PROFESSOR 02. Professora 02: Depoimento [jun. 2018]. Pesquisadora: Letícia Almeida Bazeleski. Sinop, MT, 2018. (2 f). Questionário respondido para o Trabalho de Conclusão de Curso sobre a educação em Sinop.

PROFESSOR 03. Professora 03: Depoimento [jun. 2018]. Pesquisadora: Letícia Almeida Bazeleski. Sinop, MT, 2018. (2 f). Questionário respondido para o Trabalho de Conclusão de Curso sobre a educação em Sinop.

PROFESSOR 04. Professora 04: Depoimento [jun. 2018]. Pesquisadora: Letícia Almeida Bazeleski. Sinop, MT, 2018. (2 f). Questionário respondido para o Trabalho de Conclusão de Curso sobre a educação em Sinop.

SHIRAHIGE, E.E; HIGA, M.M. A Contribuição da Psicanálise à Educação. In: CARRARA, K (ORG). Introdução à Psicologia da Educação: seis abordagens. São Paulo: Avercamp, 2004.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Editora Vozes, 2002.

THUMS, Jorge. Educação dos sentimentos. Porto Alegre: Sulina:Ulbra, 1999.

WALLON, Henri. Psicologia e educação da infância. Lisboa: Estampa, 1975.

WINNICOTT, Donalds Woods. A criança e o seu mundo. Disponível: https://edoc.site/winnicott2c-a-criana-e-o-seu-mundopdf-pdf-free.html . Acesso em 17 de jul de 2018.

ZANELLA, Luiz Carlos. Manual de Organização de Eventos: Planejamento e Operacionalização. 3ª ed. São Paulo: Atlas S.A 2006.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat-net.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR