Educação ambiental nos espaços da educação infantil

Deisiane Fernandes Trindade Ferreira

Resumo


O presente estudo aborda a percepção ambiental de crianças da Educação Infantil com idades entre quatro e cinco anos. Para a pesquisa apresentada ocorreu a participação da professora da turma juntamente com as crianças. Com a professora foi feito a entrevista semiestruturada e com as crianças mapas mentais. Por meio dos mapas mentais percebeu-se que as crianças têm um conhecimento referente ao assunto da Educação Ambiental, por meio do que observam em seu contexto e suas vivencias familiares. Segundo análise verificou-se também que a Educação Ambiental está inserida no currículo escolar, porém é trabalhada de maneira isolada.

Palavras-chave: educação ambiental; crianças entre quatro e cinco anos.


Referências


JARABIZA, Vander. O desenho infantil na prática pedagógica de professores da

educação básica: das vivências às valorizações. 2009. 81 f. Dissertação

(Mestrado em Educação)– Programa de Pós-Graduação em Educação.

Universidade Federal de Pelotas, Pelotas (RS), 2009.

PEDRINI, Alexandre de Gusmao.org. Metodologias em Educação Ambiental.

Petrópolis, RJ: Ed. Vozes, 2007.

REMPEL, Enaide Tereza. Políticas Públicas Ambientais e seus Nexos com a

Educação: Um Estudo no Município de Sinop-MT. Cuiabá-MT: Edufmt, 2014.

TRUGILLO, Edneuza Alves. Percepção Ambiental de Córregos Urbanos sob o

olhar da Comunidade Educativa de Juara/MT. Dissertação de mestrado em

Ciências Ambientais. UNEMAT. Cáceres/MT, 2009.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat-net.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR