A sétima arte: a importância do cinema como prática educativa não formal

Mayara Rosane da Cruz Oliva, Aumeri Carlos Bampi, José de Souza Neto

Resumo


Este trabalho traz como objetivo primordial ‘apresentar’ o cinema como ferramenta nos processos educativos não formais. Partimos do pressuposto de que o cinema pode propiciar formas criticas de reflexão a respeito das temáticas que o filme aborda contribuindo significativamente para desenvolver e aprimorar o senso crítico que o sujeito tem de si e do meio sociocultural, político e educacional em que está inserido. Considerando essas capacidades, entendemos como sendo pertinente a analise da influencia das produções cinematográficas nos processos de mudanças sociais. A pesquisa aqui apresentada parte da utilização do cinema, como instrumento na educação não formal, mais especificamente um estudo de caso sobre o Cineclube Zumbis, um projeto de extensão da Universidade do Estado de Mato Grosso – campus de Sinop, analise que se deu por meio de entrevistas semi-estruturadas. Os estudos se embasam na educação segundo a visão de Paulo Freire (1996), que identifica a educação como sendo parte de um contexto social, que não se restringe apenas ao espaço escolar, apontamos também autores como Maria da Glória Gohn que apresenta a educação não formal como uma prática que educa para os direitos humanos, para a convivência com as diferenças e o multiculturalismo; e também George Sadoul a quem recorremos para realizar um apanhado histórico do cinema, dentre muitos outros que apontam o cinema como sendo uma importante ferramenta de educação e transformação social.

Palavras-chave: educação; educação não-formal; cinema; Cineclube Zumbis.


Referências


ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação e da pedagogia Geral e Brasil. São Paulo: Moderna, 1996.

ANDRÉ, Marli Eliza Afonso de. Estudo de caso em pesquisa e avaliação educacional. Brasília: Líber livro, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 37. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GOHN, Maria da.Glória. Educação não-formal e cultura política: impactos sobre o associativismo do terceiro setor. 2.ed. São Paulo, Cortez, 2001.

______ . Movimentos Sociais e Educação. 7.ed. São Paulo: Cortez, 2009. (Coleção Questões da Nossa Época).

HOUWARD, David; MABLEY, Edward. Teoria e prática do roteiro: um guia para editores de cinema e televisão. Rio de Janeiro: Editora Globo, 1996.

PEREIRA, D.J.R.; PRECIOSO, A.L.; SANTANA, A.M. Cinema Diversão e Arte: O papel do Cineclube Zumbis. Net. Florianópolis, vol. 2. 2008. Disponível em: Acesso em: 02 nov. 2009.

PEREIRA, D. J. R.. Denizalde Josiel Pereira Rodrigues: depoimento. [03 ago. 2011]. Entrevistadora: Mayara Rosane da Cruz Oliva. Sinop, MT, 2011. 1 mp3 sonoro (40 min 35seg). Entrevista concedida para o Trabalho de Conclusão de Curso sobre a História do Cineclube Zumbis.

SIMON, Olga R. de M. Von; PARK, Margareth B.; FERNÁNDEZ, Renata S. (Org.).

Educação não-formal: cenários da criação. Campinas: UNICAMP, 2001.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais: a

Pesquisa Qualitativa em Educação. São Paulo. Atlas, 1987.

PEREIRA, D. J. R.. Denizalde Josiel Pereira Rodrigues: depoimento. [03 ago. 2011]. Entrevistadora: Mayara Rosane da Cruz Oliva. Sinop, MT, 2011. 1 mp3 sonoro (40 min 35seg). Entrevista concedida para a Trabalho de Conclusão de Curso sobre a

História do Cineclube Zumbis.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR