O PODER DA LINGUAGEM PERSUASIVA NA MÍDIA: uma reflexão da propaganda de carros em revistas femininas

Cristiane Olinda Perinazzo Ceconi Signor

Resumo


O presente trabalho aborda o poder da linguagem persuasiva na mídia e propõe fazer uma reflexão da  propaganda de carros em revistas femininas. Objetiva  averiguar e compreender como a mídia através da linguagem  publicitária  utilizando-se dos recursos expressivos, estéticos, apelativos e criativos, manipula e convence o leitor na aquisição do produto oferecido/veiculado, no caso específico desta análise, o carro utilitário considerando
um item  que a maioria das famílias almeja. Com o intuito de compreender o  objeto desta análise, na fundamentação teórica,  serão abordados dentre outros  autores  Eni  Puccinelli
Orlandi na  área de  Análise do Discurso e Adilson Citelli na Linguagem e Persuasão. A pesquisa utiliza-se de imagens de carros, veiculadas em revistas, descrevendo a forma como a
mídia  utiliza-se da linguagem verbal e não verbal, as formulações selecionadas por cada marca, a disposição na página e as especificidades dirigidas ao público feminino.


Referências


BELLENGER, Lionel. A persuasão e suas técnicas. Tradução: Waltensir Dutra. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1987.

CITELLI, Adilson. Linguagem e persuasão. 15 ed. São Paulo, Ática, 2002.

CHEVROLET Zafira. Cláudia, São Paulo: Abril, mar. 2006, p: 22.

CITROËN Grand C4 Picasso. Caras, São Paulo: Abril, 10 out. 2008, p: 04.

GASTALDO, Édison. A representação do espaço doméstico e papéis de gênero na publicidade. In: FUNCK, Susana; WIDHOLZER, Nara (orgs.). Gênero em discursos da mídia. Florianópolis: Mulheres, 2005. p. 53- 69.

MAGALHÃES, Izabel. Critical discourse analysis and the semiotic construction of gender identities. D.E.L.T.A., 21, número especial, p. 179-205, 2005.

MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos em Comunicação. São Paulo: Cortez, 2001.

MIRA, M. C. O masculino e o feminino nas revistas da cultura de massas ou o deslocamento do olhar. In: Cadernos Pagu, nº. 21, setembro de 2003.

ORLANDI, Eni. Análise de Discurso: Princípios e Procedimentos. Campinas, SP: Pontes, 2001.

PÊCHEUX, Michel. Análise Automática do Discurso (AAD-69). In: GADET F.; HAK, T. (Orgs.) Por uma Análise Automática do Discurso: uma introdução à obra de Michel PÊCHEUX. (Título original: Analyse Automatique du Discours. Paria, 1969).Trad. De Eni P. Orlandi. Campinas: Unicamp, 1990.

SCALZO, Marilia. Jornalismo de Revista. 8. ed. São Paulo: Contexto, 2003.

SPRADLEY, J. (1980). Participant observation. In: BODGDAN, R.; BIKLEN, S. Qualitative research for education: An introduction to theory and methods. 3.ed. Boston: Allyn and Bacon, 1998.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Eventos Pedagógicos

ISSN  2236-3165 - Avaliação QUALIS (2013) : Ensino B3 - Educação B5 - Interdisciplinar B5 - Letras/Linguística C - Sociologia C



Este periódico está licenciado sob Creative Commons BY 3.0


Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics)