Práticas pedagógicas e as aprendizagens das crianças na educação infantil

Cilveli Luiz Ferreira, Jaqueline Pasuch

Resumo


O artigo apresenta considerações sobre as práticas pedagógicas desenvolvidas pelos professores de uma instituição de educação infantil, pertencente à rede municipal de ensino de Sinop-MT. As aprendizagens das crianças, como sujeitos centrais da pesquisa, constituíram-se como foco principal da investigação. Através da pesquisa qualitativa, observação participante acompanhamos as práticas pedagógicas desenvolvidas pelos professores e monitores com vinte e cinco crianças, de dois a três anos de idade, matriculadas na turma Creche III. Os objetivos da pesquisa foram analisar o desenvolvimento das práticas pedagógicas pelos professores com as crianças, a organização da rotina e os momentos de aprendizagens das crianças no cotidiano da educação infantil. Dessa forma nos embasamos nos autores como: Philippe Ariés, Moysés Kuhlmann, Sônia Kramer entre outros, e as legislações que regem a educação infantil. Além das observações para coleta de dados, também nos serviram de espaço de investigação os momentos de realização de Estágios Curriculares Supervisionados na Educação Infantil, também realizamos uma entrevista com a professora da Creche III. No desenvolvimento da pesquisa observamos e desenvolvemos atividades com as crianças, as quais foram anotadas em diário de campo, onde por meio dele buscamos registrar todos os tipos de acontecimentos e reflexões. Destacamos nesta pesquisa o importante papel do professor, na especificidade da educação infantil, seja na organização das atividades pedagógicas como nos espaços internos e externos da instituição, pois acreditamos que propiciam a construção das aprendizagens infantis.

Palavras-chave: educação; educação infantil; práticas pedagógicas; aprendizagem; crianças.


Referências


ARIÉS, Philippe. História social da criança e da família. Tradução de Dora Flokman. 2.ed Rio de Janeiro: Guanabara, 1981.

BARBOSA, Maria Carmem. As especificidades da ação pedagógica com os bebês. 2010. Disponível.em Acessado em 12 de abril de 2012.

______. Indicadores da Qualidade na Educação Infantil. Brasília: MEC/SEB, 2009.

______. Lei de Diretrizes e Base de Educação Nacional N° 9394. Brasília, 20 de dezembro de 1996.

BUJES, Maria Isabel Edelweiss. Escola Infantil: Pra que te quero? In: CRAIDY, Maria Carmem, KAERCHER, Gládis Elise P. da Silva. (Org.). Educação Infantil: Pra que te quero?- Porto Alegre: Artmed, 2001.

KRAMER, Sonia. A política da Pré- escola no Brasil: a arte do disfarce. 6. ed- São Paulo: Cortez, 2001.

MARGARIDA. Margarida: depoimento [08 de fevereiro. de 2012]. Entrevistador: Cilveli Luiz Ferreira. Sinop: UNEMAT-MT, 2012. Gravação Digital – Sony (1h 10min 3 04 seg). Entrevista concedida para o Trabalho de conclusão curso sobre As práticas Pedagógicas e as Aprendizagens das crianças na Educação Infantil.

MICARELLO, Hilda. Avaliação e Transições na Educação Infantil. 2010. Disponível em

MOYSÉS, Kuhlmann. Infância e Educação Infantil: uma bordagem histórica. Porto Alegre: Mediação, 1998.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR