Educação para o pensar: filosofia para as crianças

Josélia de Oliveira Beserra, Alceu Zoia

Resumo


Este artigo tem por objetivo abordar a Filosofia para as crianças no ensino fundamental, com o propósito de verificar quais são os métodos usados pelos professores em sala de aula para estimular às crianças o gosto pelo filosofar. A pesquisa delineou-se durante um período de observação em duas escolas do município de Sinop-MT, as quais possuem nos currículos, as disciplinas de filosofia e ética. O trabalho de pesquisa foi elaborado com os professores e alunos através da pesquisa de campo. Deste modo entende-se que a filosofia deve fazer parte na vida das crianças desde o ensino fundamental favorecendo o desenvolvimento da capacidade de pensar.

Palavras-chave: educação; filosofia; ética; professores e alunos.

 


Referências


BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Apresentação dos Temas Transversais e Ética. 3. ed. Brasília, 2001.

CUNHA, José Auri. Filosofia na Educação Infantil: Fundamentos, métodos e proposta. Campinas, SP: Alínea, 2002.

LIPMAN, Matthew. A filosofia vai à escola. 2.ed. São Paulo: Summus, 1990.

PROFESSORA REGENTE. Professora regente do 3º ano da escola X: depoimento. [26 de abril de 2012]. Entrevistadora: Josélia de Oliveira Beserra. Sinop, MT, 2011. 1 questionário elaborado Entrevista concedida para monografia Educação Para o Pensar: filosofia para as crianças.

SELBACH, Simone. Geografia e Didática. Petrópolis: Vozes, 2010. Coleção Com Bem Ensinar.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Área do conhecimento: Ciências Humanas

Ano de fundação: 2010

ISSN: 2236-3165

DOI: 10.30681/2236-3165

Título abreviado: Even. Pedagóg.

E-mail: eventospedagogicos@unemat-net.br

Unidade: Faculdade de Educação e Linguagem - FAEL

Avaliação QUALIS Quadriênio 2013-2016: B1 Ensino; B3 Planejamento Urbano e Regional / Demografia; B4 Ciências Ambientais; B4 Educação Física; B4 Interdisciplinar; B4 Linguística e Literatura; B4 Sociologia.

cope_75 Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

88x31_88 Este periódico está licenciado sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR