FLEXÃO DE VERBOS IRREGULARES POR APRENDENTES DO PORTUGUÊS EM MOÇAMBIQUE

Carlito António Companhia

Resumo


O presente artigo tem como objectivo descrever a competência linguística dos aprendentes do portuguêsem Moçambique no domínio da flexão de verbos irregulares no presente e imperfeito do conjuntivo. Aamostra é constituída por 60 alunos da 7a classe das zonas urbana, suburbana e rural. Com vista à recolhade dados, optou-se pela elaboração de um teste de elicitação. Os resultados deste estudo revelam que aflexão de verbos irregulares no presente e imperfeito do conjuntivo constitui uma área complexa para apopulação auscultada, embora o grau de dificuldade varie de zona para zona. As principais dificuldades dosaprendentes dizem respeito ao que parece constituir a sobregeneralização da regra de flexão de verbosirregulares e à tendência para a escolha de diferentes tempos do modo indicativo com particular referênciaao presente em contextos em que deveriam utilizar o conjuntivo.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Visitas:

 

Este periódico está licenciado sob Creative Commons BY 3.0

 

ISSN 1983-8018

Avaliação Qualis B2 (2015-2016)

Os artigos publicados na REVISTA DE LETRAS NORTE@MENTOS são indexados em:

imagem_indexadores_512

Resultado de imagem para periodicos capes